Category: Saúde


O Rim

O rim é o guardião do Jing, a energia ancestral, e por ter essa função é considerado a “raiz da vida”. Jing é a sutil energia ancestral ou pré-celestial que os filhos recebem dos pais no momento da concepção. É ela quem determina a constituição de uma pessoa, como a sua força e sua vitalidade.
É um tesouro que deverá ser cuidado e bem guardado, para ser consumido ao longo da vida. Quando uma pessoa tem uma vida desregrada (uso de bebidas alcoólicas e drogas, trabalho físico e mental excessivos), essa energia será consumida mais rapidamente, resultando em pouca saúde, com o surgimento de possíveis desarmonias físicas e emocionais, além do envelhecimento prematuro: calvície, embranquecimento precoce dos cabelos e pele desvitalizada.
A energia ancestral pode ser comparada a uma vela, que será acesa no momento da concepção e que se apagará no momento da morte.
O rim além de abrigar o grande tesouro da ancestralidade, também tem a função orgânica de purificar o sangue e regular todos os líquidos corporais, além de produzir a medula e nutrir o cérebro e ossos.

O MEDO, INSEGURANÇA E INDECISÃO

“O que é o medo? Um produzido dentro da gente, um depositado; e que às vezes se mexe, sacoleja, e a gente pensa que é por causas: por isto ou por aquilo, coisas que só estão é fornecendo espelhos.” Guimarães Rosa – Grande sertão: veredas
A emoção que domina e é dominada pelo rim é o medo, que pode vir acompanhada de insegurança, indecisão, desapontamento e choque. A Medicina Tradicional Chinesa diz que o medo faz o Qi – energia – descender. Nas crianças o medo pode se manifestar através da enurese noturna.
As pessoas inseguras e indecisas podem apresentar algumas desarmonias típicas da deficiência energética do rim, como a ciatalgia, lombalgia, joelhos frios e fraqueza nas pernas, dificultando o movimentar na vida. O medo pode causar a inércia, levando à paralisação e a perda da capacidade de tomar decisões.
O rim pertence ao elemento água, que é representado pela ideia do movimento que busca o caminho mais fácil e que contorna os obstáculos, para chegar ao seu destino. Quando o medo torna-se crônico poderá haver uma grande acomodação na vida, sem lutas e pouca força de vontade.

FORÇA DE VONTADE E DETERMINAÇÃO

O rim abriga a “força de vontade”: quando o rim está forte, a força de vontade também o será, pois a mente colocará o seu objetivo e o perseguirá. Mas, se o rim estiver debilitado, a força de vontade será afetada e a mente perderá a coragem para alcançar o seu propósito. A falta de força de vontade são aspectos da depressão mental.

RIM PEDE DESCANSO E REPOUSO

A maior concentração energética no meridiano do rim é das 17 às 19 horas. É o horário que o organismo começa a mostrar o cansaço. Por ser o guardião da energia, o rim vai demonstrar através do cansaço, quando é que a energia está se declinando e pedindo descanso.
A estação que influencia o bom desempenho deste órgão é o inverno, quando prevalece a força da energia yin. O inverno convida ao descanso, repouso e à quietude, pois durante esta estação a natureza aproveita para recolher-se debaixo da terra, esperando a primavera para brotar e crescer.

DESARMONIAS FÍSICAS E EMOCIONAIS CAUSADAS PELO DESGASTE ENERGÉTICO DO RIM

Queda e embranquecimento precoce de cabelo, dores e fraqueza na região lombar, diminuição da audição, zumbidos no ouvido com som de cachoeira, labirintite, tosse crônica, asma, aversão ao frio, diminuição da libido, impotência sexual, infertilidade, dentes fracos, joelhos frios, ciatalgia, lombalgia, cistite, cálculo renal, indecisão, inércia, pânico, desapontamento e medos.

 

Eu sou Magali Silvestre e fui orientada por meus guias a compartilhar este conhecimento

Anúncios

O Músculo da Alma

O músculo da alma

A importância do psoas para a nossa saúde, vitalidade e bem-estar emocional.
O psoas é o músculo mais profundo e estabilizador no corpo humano , afetando o equilíbrio estrutural, a amplitude dos movimento, a mobilidade articular e o funcionamento dos órgãos do abdômen.
O músculo da almaÉ o único músculo que liga a coluna vertebral às pernas, é responsável por nos manter em pé e o que permite levantar as pernas para andar. O psoas saudável estabiliza a coluna vertebral e proporciona apoio através do tronco, além de formar um bom suporte para os órgãos abdominais.
Estudos recentes também consideram o psoas, um órgão de percepção composto de tecido bio-inteligente que incorpora literalmente, nosso desejo mais profundo de sobreviver e florescer. Ou seja, ele é o mensageiro primário do sistema nervoso central, por isso também é considerado um porta-voz das emoções (“borboletas na barriga”). Isto acontece, porque o psoas está ligado com o diafragma através do tecido conjuntivo ou fáscia, influenciando tanto a respiração, quanto o medo reflexo.
Um estilo de vida acelerado e o estresse geram uma descarga de adrenalina que cronicamente tensiona o psoas, preparando-nos para correr, entrar em ação ou contrair-se, como forma de nos proteger. Se mantivermos o psoas constantemente em tensão devido ao estresse, eventualmente, começarão a encurtar e endurecer. Assim dificultará a nossa postura e as funções dos órgãos que se localizam no abdômen, resultando em dor nas costas, dor ciática, problemas de disco, degeneração do quadril, períodos de menstruações dolorosas ou problemas digestivos.
O músculo da almaAlém disso, um psoas tenso envia sinais de voltagem para o sistema nervoso, interfere nos movimentos dos fluidos e afeta a respiração do diafragma. Na verdade, o psoas está tão intimamente envolvido nas reações físicas e emocionais básicas que quando está cronicamente estressado, envia constantemente sinais de alerta ao corpo, por isso pode afetar o esgotamento das glândulas supra-renais e do sistema imunológico . Esta situação é agravada pela maneira de sentar-se ou posições dos nossos hábitos diários, reduzindo nossos movimentos naturais e contraindo ainda mais os músculo.
Um psoas liberado permite alongar muito mais a parte posterior dos músculos e permite que as pernas e pélvis movam-se com mais facilidade e independência. Melhora a posição da coluna vertebral e de todo o tronco, com a consequente repercussão na melhoria das funções dos órgãos abdominais, da respiração e do coração.

Quando cultivamos a saúde dos nossos psoas, reacendemos nossas energias vitais que se conectam novamente com o nosso potencial criativo.
Em algumas filosofias orientais o psoas é conhecido como o “músculo da alma”, o principal centro de energia do corpo.Quanto mais flexível e forte é o psoas, mais será o nosso fluxo de energia vital através dos ossos, músculos e articulações.

O psoas seria como um órgão de canalização da energia, um núcleo que nos conecta com a terra , nos permite criar um suporte forte e equilibrada desde o centro da nossa pélvis. Assim, a coluna vertebral se alonga e, através dela, pode fluir toda nossa vitalidade.

Eu sou Magali Silvestre e fui orientada por meus guias a compartilhar este conhecimento

A postura da árvore

A postura da arvoreVRIKSHÁSANA, A POSTURA DA ÁRVORE: É um ásana de equilíbrio básico .Ajuda a aumentar o equilíbrio emocional, concentração e auto confiança.Acalma profundamente o sistema nervoso: bom para pessoas nervosas.

Melhora a sua postura de pé, trazendo maior consciência para a região dos pés e pernas.

Fortalece as pernas.

Traz paz a mente e ao coração, gerando equilíbrio através das forças do céu e da terra. Árvore: raízes na terra e galhos no céu.

O que é celulite

O que é celuliteVocê guarda em seu corpo todos os detalhes da sua vida: mágoas, ressentimentos, raiva dos outros e si mesma, nervosismo com determinadas pessoas e a tensão de estar sendo bloqueada em sua liberdade.
Saiba que, inconscientemente, você está se punindo por não estar conseguindo ser a mulher que deseja ser.
Esqueça tristezas do passado, pois ninguém é culpado pelas suas limitações e desgostos..
Pare de olhar a vida sob esse ângulo. Você está vendo tudo deformado.
Você pode ser e ter tudo aquilo que quer, é só uma questão de saber organizar seus pensamentos e discernir, de coração, os pensamentos dos seres – pai, mãe, marido, sogros, patrão e todos que de alguma forma exercem autoridade sobre você.
Reter pensamentos e sentimentos velhos e desagradáveis intoxica as células do corpo, que simbolizam o início da vida. Esta deve fluir livre para que possa se renovar.
Tratamentos estéticos não resolverão os seus problemas de relacionamentos. A ciência médica explica que celulite não é gordura. É inflamação das células, causada pelo excesso de substâncias nocivas que se acumulam pela retenção de água, sais, gordura e toxinas que se instalam no tecido conjuntivo e formam uma espécie de gelatina, destruindo ou deformando as próprias células; mas isso é apenas somatização.

Os esteticistas e os médicos dizem que a celulite é hereditária. Contudo eles também sabem que a celulite pode desaparecer e voltar repentinamente, conforme o estado emocional da mulher.

Quando a mulher está prestes a menstruar, ou mesmo durante a menstruação, a celulite torna-se mais visível, devido aos hormônios que são ativados naquele período. Muitas mulheres tornam-se então mais sensíveis: o nervosismo, a impaciência e as tristeza ficam evidentes em sua personalidade e muitas choram à toa.

Toda emoção exagerada conturba o organismo e causa um desequilíbrio nas funções seletivas, provocando um acúmulo de substâncias nocivas em várias partes do corpo.

Diariamente os pesquisadores tentam desenvolver métodos de tratamento para acabar com a celulite e, devido a isto, surgem constantemente polêmicas quando o assunto vem à tona.

Também os psicólogos estudam com afinco o significado emocional no dia-a-dia das pessoas e eles sabem que é importante trabalhar o autoconhecimento para combater as falsas defesas que criamos através do nervosismo.

A celulite surge como manifestação das emoções de raiva e autopunição, então, para eliminá-la, devemos corrigir nosso modo de agir frente aos obstáculos que encontramos pelo caminho.

Se você está fazendo algum tratamento para combater a celulite, então colabore deixando “desmanchar” no seu coração todo sentimento negativo acumulado. Não brigue com a celulite, pois ela é apenas um reflexo da sua conduta diária. Aprenda a ser calma para aceitar com mais paciência todas as ofensas e proibições. Deixe de se sentir ameaçada só porque tentaram ou tentam mudar seu jeito de ser. Procure, aos poucos e em harmonia, buscar sua identidade e seus direitos, pois foi você quem se deixou levar pelas opiniões dos outros, com medo de ser você mesma.

Muitas mulheres conseguiram livrar-se da celulite, ocupando-se com coisas que gostam de fazer. Outras obtiveram sucesso através da terapia, yoga e ginástica, que além de ajudarem a corrigir a circulação sangüínea, também ajudam a descarregar as tensões.

Sinta e reconheça como é importante a mente estar leve para perdoar as pessoas e recomeçar.

Perdoe todo seu passado e todas as pessoas e assim você será uma pessoa feliz e, naturalmente, sem “probleminhas” desagradáveis pelo corpo.

A alimentação correta e sem excessos é muito importante, mas certamente, ela depende do seu estado emocional. Desafiá-la às vezes é inútil, pois gera mais tensões e ansiedade.

A ginástica e todos os tratamentos estéticos geram alegria e satisfação, pois a pessoa está fazendo alguma coisa por ela mesma. Por isso, aproveite o seu tempo e comece a se amar de verdade. Perdoe-se e viva com sentimentos suaves. Com isso, você não precisará gastar tanto dinheiro com remédios.

A vida está constantemente gritando por mudanças e, se você perder seu respeito pessoal, vai cair cada vez mais no poço da amargura.

Dê satisfação a você mesma e viva de maneira leve, evitando ser comandada, mas sendo auxiliada.

Solte-se, ande descalça na terra, beba água e tome aquele “banhozinho” de sol, pela manhã bem cedo ou no finalzinho da tarde, pois o sol contém a vitamina necessária para restabelecer o sistema nervoso e fortalecer seu ânimo e sua pele. Alegre-se!

Destrua, definitivamente, esse sentimento de vítima que se alojou em você por motivos de acomodação. Não espere que as pessoas mudem. Mude você. Faça por você tudo que gostaria de receber e, passo a passo, você perceberá que seu corpo passará a ter linhas mais harmoniosas e sua pele começará a ter outro brilho.

Repito que em nossos dias a idade já é um fator ultrapassado. Quem ainda justifica a perda da beleza ou da saúde como culpa do tempo, é porque está mal-informado e ignora as descobertas relativas ao poder dos exercícios e da alegria, que desencadeiam um processo de rejuvenescimento.

A saúde é a sua estrela e a beleza é o seu reflexo. Não perca este brilho, tenha sempre em mente que seus pensamentos saudáveis, amáveis e sinceros, lhe retribuirão com uma beleza e juventude sem fim.

Fontes: Livros de Cristina Cairo

Eu sou Magali Silvestre e fui orientada por meus guias a compartilhar este conhecimento

A Cura do Câncer com Música

cura do cancer com somCÉLULAS TUMORAIS EXPOSTAS À “QUINTA SINFONIA”, DE BEETHOVEN, PERDERAM TAMANHO OU MORRERAM

Mesmo quem não costuma escutar música clássica já ouviu, numerosas vezes, o primeiro movimento da “Quinta Sinfonia” de Ludwig van Beethoven.

O “pam-pam-pam-pam” que abre uma das mais famosas composições da História, Descobriu-se, agora, que ela seria capaz de matar células tumorais – em testes de laboratório.

Uma pesquisa do Programa de Oncobiologia da UFRJ expôs uma cultura de células MCF-7, ligadas ao câncer de mama, a meia hora da obra. Uma em cada cinco delas morreu, numa experiência que abre um nova frente contra a doença, por meio de timbres e frequências.
A estratégia, que parece estranha à primeira vista, busca encontrar formas mais eficientes e menos tóxicas de combater o câncer: em vez de radioterapia, um dia seria possível pensar no uso de frequências sonoras. O estudo inovou ao usar a musicoterapia fora do tratamento de distúrbios emocionais.

– Esta terapia costuma ser adotada em doenças ligadas a problemas psicológicos, situações que envolvam um componente emocional. Mostramos que, além disso, a música produz um efeito direto sobre as células do nosso organismo – ressalta Márcia Capella, do Instituto de Biofísica Carlos Chagas Filho, coordenadora do estudo.

Como as MCF-7 duplicam-se a cada 30 horas, Márcia esperou dois dias entre a sessão musical e o teste dos seus efeitos. Neste prazo, 20% da amostragem morreu. Entre as células sobreviventes, muitas perderam tamanho e granulosidade.
O resultado da pesquisa é enigmático até mesmo para Márcia. A composição “Atmosphères”, do húngaro György Ligeti, provocou efeitos semelhantes àqueles registrados com Beethoven. Mas a “Sonata para 2 pianos em ré maior”, de Wolfgang Amadeus Mozart, uma das mais populares em musicoterapia, não teve efeito.

– Foi estranho, porque esta sonata provoca algo conhecido como o “efeito Mozart”, um aumento temporário do raciocínio espaço-temporal – pondera a pesquisadora. – Mas ficamos felizes com o resultado. Acreditávamos que as sinfonias provocariam apenas alterações metabólicas, não a morte de células cancerígenas.
“Atmosphères”, diferentemente da “Quinta Sinfonia”, é uma composição contemporânea, caracterizada pela ausência de uma linha melódica. Por que, então, duas músicas tão diferentes provocaram o mesmo efeito?

Aliada a uma equipe que inclui um professor da Escola de Música Villa-Lobos, Márcia procura agora esta resposta, dividindo as músicas em partes. Pode ser que o efeito tenha vindo não do conjunto da obra, mas especificamente de um ritmo, um timbre ou intensidade.
Quando conseguir identificar o que matou as células, o passo seguinte será a construção de uma sequência sonora especial para o tratamento de tumores. O caminho até esta melodia passará por outros gêneros musicais. A partir do mês que vem, os pesquisadores testarão o efeito do samba e do funk sobre as células tumorais.

– Ainda não sabemos que música e qual compositor vamos usar. A quantidade de combinações sonoras que podemos estudar é imensa – diz a pesquisadora.

Outra via de pesquisa é investigar se as sinfonias provocaram outro tipo de efeito no organismo. Por enquanto, apenas células renais e tumorais foram expostas à música. Só no segundo grupo foi registrada alguma alteração.
A pesquisa também possibilitou uma conclusão alheia às culturas de células. Como ficou provado que o efeito das músicas extrapola o componente emocional, é possível que haja uma diferença entre ouvi-la com som ambiente ou fone de ouvido.

– Os resultados parciais sugerem que, com o fone de ouvido, estamos nos beneficiando dos efeitos emocionais e desprezando as consequências diretas, como estas observadas com o experimento – revela Márcia.

 

Fonte: O Globo – Renato Grandelle

Eu sou Magali Silvestre e fui orientada por meus guias a compartilhar este conhecimento

A GLÂNDULA TIMO

TimoNo centro do peito, atrás do osso onde as pessoas tocam quando ele diz ‘EU’, existe uma pequena glândula chamada timo.

Seu nome em grego, “thymos ” significa energia vital. Será preciso dizer mais?

Sim, é preciso dizer algo mais … Porque o timo continua sendo um grande desconhecido. Ela cresce quando estamos alegres e se encolhe pela metade quando estamos estressados e mais ainda quando adoecemos. Se somos invadidos por micróbios ou toxinas reage imediatamente produzindo células de defesa. Mas também é muito sensível a imagens, cores, luzes, cheiros, sabores, gestos, toques, sons, palavras e pensamentos. Amor e ódio o afetam profundamente.

Os pensamentos negativos têm mais poder sobre ele que os vírus e bactérias. Como essa atitude negativa não existe de forma concreta, o timo tenta reagir e enfraquece com a luta contra o invasor desconhecido e abre espaços para sintomas de baixa imunidade, como herpes.  Em compensação os pensamentos positivos conseguem ativar todos os seus poderes, lembrando que a fé remove montanhas.

* fígado metafísica sistemas excretores equilíbrio emocional. Onde nasce o verdadeiro equilíbrio emocional

O Fígado na visão Medicina Tradicional Chinesa (MTC)Na visão da Medicina Tradicional Chinesa (MTC) o fígado, do ponto de vista energético, está estreitamente envolvido com a vesícula biliar (postura e decisões), mas também com os olhos (sentido da visão), ombros, joelhos e tendões (flexibilidade), unhas, seios e todo o aparelho reprodutor feminino.

Na MTC se diz que o fígado é o órgão mais importante para a mulher, assim como o rim o é para o homem. Praticamente todo o sistema reprodutor feminino é regido pelo fígado, responsável por alterações no ciclo menstrual, presença de cistos de ovário, miomas uterinos, corrimentos ou prurido vaginais, alterações da libido como frigidez e impotência. O fígado é responsável por manter o livre fluxo da energia total do corpo. Como o movimento do sangue segue o movimento da energia, dizemos que o fígado direciona a circulação do sangue e regula também o ciclo menstrual.

Mas seu papel mais importante, é sem dúvida, sobre o equilíbrio emocional. É o livre fluir da energia do fígado que vai nos permitir responder vitoriosamente aos desafios da vida, aos estímulos emocionais e afetivos, 24 horas por dia, cada segundo de nossa vida, sem parar.

Daí começa a responsabilidade e respeito que devemos ter pelo nosso fígado e sistema hepático. E, já podemos deduzir sobre o desgaste intenso ao qual este sistema é submetido no cotidiano da vida moderna. Pouco se sabe sobre sua importância e como auxiliar, ser cúmplice, do fígado nesta missão existencial: equilíbrio emocional e afetivo. Visão, flexibilidade, postura e decisões.

Pelo contrário, só pela má alimentação e sedentarismo, a cultura ocidental faz de tudo para fragilizar o sistema hepático. Os maus hábitos alimentares e de vida levam ao seu desequilíbrio funcional, que leva ao desequilíbrio emocional, que desencadeia mais maus hábitos alimentares e de vida. Este desequilíbrio energético pode se manifestar de várias formas. Dependendo da sua localização: insônia, enxaqueca, hipertensão, problemas digestivos, TPM, etc.

Os problemas ligados ao fígado podem ser por falta ou por excesso de energia circulante. Um bom exemplo de excesso é a raiva, mais exatamente a raiva reprimida e, num quadro de vazio energético, temos a procrastinação e o medo paralisante ou síndrome de pânico. A estagnação do fluxo de energia do fígado freqüentemente desequilibra o emocional, produzindo sentimentos de frustração e ira. Essas mesmas emoções podem levar a uma disfunção no fígado, resultando em um ciclo interminável de causa e efeito.

Como todas as emoções, boas ou más, passam pelo fígado, não devemos reprimi-las infinitamente. A repressão das emoções provoca um bloqueio da energia que leva ao excesso de calor no fígado. Cabe uma distinção entre sentimento e emoção. Os sentimentos geralmente fortalecem os órgãos e servem como mecanismos de defesa para o organismo. Uma certa irritação que nos leva a reagir diante de um ataque ou quando nos sentimos lesados, é diferente da raiva que é cega e destrutiva.

Os olhos são a manifestação externa do fígado. Em outras palavras, o fígado rege o sentido da visão. Assim, patologias da visão irão sinalizar alguma alteração no fígado. As mais comuns são: conjuntivites, olhos vermelhos sem processo inflamatório, coceiras, “vista” seca, visão fraca, embaçada ou borrada, terçol, pontos brilhantes que aparecem no campo visual e outros.

A lágrima é a secreção interna que ajuda a aliviar o fígado. Cuidado com olhos secos. Daí vem a importância do exercício de “piscar os olhos” (sempre – não esquecer) e de não reprimir o choro, embora nem sempre seja conveniente socialmente. Mas, acredite, conter o choro faz mal à saúde. Ah! Uma forma divertida de chorar/lacrimejar é deixando o riso fluir, acontecer no seu dia-a-dia, na sua vida.

As unhas são outra manifestação externa das condições do fígado, e as suas deformidades ou a presença de micose sugerem algum comprometimento do fígado ou desequilíbrio prolongado da sua energia.

O fígado rege as articulações do ombro e joelhos e também os tendões de modo geral. Assim sendo, as bursites e dores nos joelhos sem causa aparente, são sinais de comprometimento da energia do fígado. As tendinites e os estiramentos freqüentes também estão neste quadro.

Todo órgão está associado a uma víscera que, no caso do fígado, é a vesícula biliar. Resumidamente, a vesícula atua mantendo o equilíbrio postural. Todos os quadros de tonturas, vertigens, labirintites estão ligados a ela. Rege a articulação tempero mandibular (ATM). Todas as tensões que ficam retidas no fígado podem ser descarregadas nesta região e produzir o bruxismo, que é um quadro de ranger os dentes, que se manifesta mais freqüentemente durante o sono.

Metafisicamente a vesícula biliar comanda a capacidade de tomarmos decisões assertivas. Uma vesícula desequilibrada se manifestará na forma de indecisões ou mesmo desorientações, perda de rumo.

E, para resumir e partir o mais rápido para a ação de cumplicidade “de bem com o fígado”:

– desintoxicar-se diariamente com o aumento do consumo dos alimentos de origem vegetal, maduros, crus, idealmente orgânicos e integrais;

-desintoxicar-se diariamente praticando a terapia do riso, as brincadeiras, as artes, o lazer;

– praticar atividade física moderada diariamente. Vocês não têm noção de como este hábito é vital para o livre fluxo de energia do fígado;

– os sabores ácido e amargo, assim como os alimentos de cor verde são os maiores aliados do fígado. Entretanto, na primavera, evite exagerar nos sabores ácidos e picantes.

– evitar intoxicar-se com alimentos muito gordurosos (pela qualidade, gordura animal e óleos refinados, como pela quantidade), frituras, açúcar, café e álcool;

– evitar vida sedentária e estressante, o mau humor, ilusões e grandes expectativas.

maracujáPara cuidar do bom equilíbrio da saúde  no verão e também manter a boa forma é recomendado que se consuma cinco porções de frutas diariamente, segundo a OMS – Organização Mundial de Saúde. O maracujá, característico do clima tropical, pode e deve ser bastante consumido em épocas de muito calor.

O Brasil é o maior produtor mundial de maracujá. Existem várias espécies da fruta, mas as mais conhecidas são a maracujá mirim, maracujá melão, maracujá guaçú e maracujá do iguapó.

Cada 100 gramas de maracujá possuem apenas 70 calorias. Além disso, sua propriedade denutrientes é muito benéfica à saúde, pois é rico em vitaminas A, C e do complexo B.

Possui ainda uma boa quantidade de sais minerais, como ferro, sódio, cálcio e fósforo. O maracujá também possui propriedades que agem como calmante natural no organismo humano, além de ser excelente para quem deseja obter mais energia para o dia a dia.

Os benefícios da fruta não param por aí. A fibra de maracujá ajuda na diminuição do nível de colesterol, triglicérides, no bom funcionamento do sistema gastrointestinal e também no tratamento de diabetes.

A casca do maracujá também ajuda muito no equilíbrio da saúde. Ela é rica em uma substância chamada pectina – fibra solúvel que no nosso organismo forma um gel – que dificulta a absorção de carboidratos, da glicose – produzida no processo digestivo – e das gorduras.

%d blogueiros gostam disto: